ico Arquitetura e decoração
23/01/2019

Quarto de menino e menina: ideias para decorar um quarto compartilhado

compartilhe: icone twitter icone facebook icone messenger icone linkedin icone whatsapp icone email

Quem tem irmão sabe: dividir o mesmo quarto nem sempre é fácil. Quando a ideia é fazer o compartilhamento entre um casal de irmãos, a coisa pode ficar ainda mais complicada. Uma forma criativa de minimizar as diferenças é a decoração. Criar um ambiente agradável comum a ambos pode minimizar diferenças e ajudar a estreitar laços. Veja como decorar um quarto de menino e menina, mesmo de idades diferentes, sem cair no lugar-comum.

Primeira decisão: decoração única ou personalizada para cada um?

Para fazer a decoração de um quarto de menino e menina, há, basicamente, dois caminhos a seguir. Você pode optar por uma decoração única para ambos ou personalizar o espaço de cada um.

O primeiro deles é o mais confortável, com menor margem de erro, enquanto no segundo caso o grande problema é o excesso de informação.

De uma forma ou de outra, siga sempre a premissa de que, tanto na moda quanto na decoração, menos é mais e que é preciso se atentar à divisão de espaço.

Independentemente da idade, procure sempre fazer uma divisão igualitária. Se não houver jeito, considere que cada idade tem suas necessidades, mas reduza essa diferença o máximo possível, conforme as crianças forem crescendo.

Decoração única para quarto de menino e menina

Nesse caso, o melhor caminho é uma decoração de base neutra. Mas não há necessidade de ser tudo só branco ou bege, por exemplo.

Você pode escolher tons mais impactantes, como combinações de branco, amarelo e preto; vermelho, azul e cinza; laranja com verde; roxo, azul e branco, por exemplo.

O estilo rústico também é uma ótima opção para o quarto de menino e menina. Invista na madeira maciça e nas texturas orgânicas em móveis e objetos.

Outra boa ideia para criar uma identidade única de aproximação no quarto de menino e menina são os papéis de parede ou adesivos. Com eles você pode criar um ambiente lúdico e mágico, com tema comum a ambos.

Objetos decorativos – abajures, quadros, estantes, prateleiras e nichos – devem ser neutros ou fazer referência ao tema, não ao sexo da criança.

Diferente estilo de decoração para o mesmo espaço

Aqui, como já dissemos, o problema é o excesso de informação. Por isso, mais do que nunca, lembre-se de que menos é mais.

De qualquer forma, as opções são muitas. É possível, por exemplo, literalmente dividir o quarto ao meio em duas cores, mantendo em comum o tema – ou separar o tema de cada criança.

No primeiro caso, uma boa ideia é manter as camas ou berços com a parede de cabeceira em comum e revesti-la com um mesmo papel de parede em tonalidades diferentes de cada lado.

Para fugir do azul e do rosa, vale usar combinações como verde e vermelho, cinza e amarelo, verde e roxo, por exemplo, sobre uma base branca.

No segundo caso, se optar por temáticas diferentes, a dica é escolher histórias que se complementem de alguma forma.

Confira algumas dicas extras:

– Para evitar o senso de divisão e incentivar a união entre irmãos, o melhor é deixar o ambiente neutro, com cores divertidas, de forma a agradar a ambas as crianças;

– Para as crianças maiores, opte por um beliche criativo ou bicama, em que a principal esconde uma auxiliar, que só aparece na hora de dormir;

– Sempre que tiver medo de errar, mantenha as bases neutras e invista em acessórios decorativos coloridos e alegres.

E você, já passou ou está passando por isso com seus filhos? Tem mais alguma dica para contar para a gente? Compartilhe conosco a sua experiência!

Receba as nossas novidades de forma exclusiva!

fique por dentro! siga nossas redes sociais: