ico Dicas de compra
12/11/2018

Vai morar em apartamento? Conheça as características do imóvel perfeito para você

compartilhe: icone twitter icone facebook icone messenger icone linkedin icone whatsapp icone email

Para a maioria da pessoas, morar em apartamento significa um mundo de vantagens em termos de segurança, oportunidades de lazer e serviços nas áreas comuns, sinônimo de muito mais praticidade no dia a dia.

No entanto, a escolha do apartamento ideal deve ser feita baseada em alguns critérios. Afinal, o que é bom para uns pode não ser o melhor para outros. Veja o que deve ser analisado antes de tomar sua decisão.

Veja como escolher o melhor apartamento para você.

O condomínio é maravilhoso e você está super feliz com a sua decisão. No entanto, o que é bom pode ficar ainda melhor e você acertar na escolha do apartamento.

Qual é a melhor vista para você?

A vista que se tem do apartamento, por exemplo, faz bastante diferença no dia a dia. Enquanto muitos fazem questão de que o apartamento seja de frente para a rua, para outros, a vista da área de lazer é mais tranquila e interessante.

Ela é ideal, por exemplo, para quem tem filhos pequenos e quer ficar de olho na brincadeira da garotada sem precisar sair de casa. Só da janela ou da varanda já dá para saber como as crianças estão.

Por outro lado, um apartamento de frente pode ser complicado se nele bate o sol da tarde. Muitas vezes é melhor morar em apartamento de fundos se a maior incidência for do sol da manhã. Unidades mais fresquinhas gastam menos energia elétrica com ar-condicionado e ventiladores.

Andar alto ou baixo: eis a questão

De uma forma geral, quanto mais alto o andar, mais valorizado o apartamento. Eles costumam ser os mais fresquinhos, ter a vista mais bonita.

No entanto, morar em apartamento em andar alto pode não ser uma boa ideia para pessoas idosas ou portadoras de necessidades especiais. É preciso prever a possibilidade de falta de energia elétrica, por exemplo – a menos que haja um gerador próprio no edifício.

Por outro lado, é preciso prestar atenção também em relação ao barulho. Andares mais altos são mais silenciosos. Já os mais baixos podem sofrer com a proximidade da agitação da área de lazer ou da rua.

Fatores como trânsito na hora de pico e a existência de feiras livres nas proximidades devem ser considerados  porque interferem na paz dentro do imóvel.

Conveniências – ou inconveniências?

Hoje morar em apartamento é ter uma ampla gama de serviços e conveniências ao seu dispor.

Alguns condomínios oferecem lavanderia, oficinas, salão de beleza, academia, spa, área gourmet, bar, piscina, quadras e muitas outras facilidades.

Ter acesso a esses serviços em poucos passos pode ser uma boa ideia em termos de praticidade.

A melhor vizinhança: uma questão de afinidade

Às vezes não dá para escolher, é verdade. Mas havendo moradores nas torres, às vezes é possível selecionar um pouco o tipo de vizinhança.

Para casais com filhos pequenos ou famílias com idosos, pode não ser interessante morar perto de casais jovens ou pessoas solteiras.

Afinal, mesmo respeitando os horários de silêncio, é possível haver música mais frequente e maior movimentação de pessoas estranhas no local.

O mesmo pode ocorrer se você levar seu amigão de quatro patas para morar em apartamento com você. O ideal nesse caso seria buscar a proximidade com outros moradores que também tenham pets e compreendem melhor qualquer inconveniente – como o barulho de patinhas ou latidos fora de hora.

Evite estresse com a garagem

Hoje, a maioria dos empreendimentos de qualidade oferecem vagas na garagem. No entanto, dependendo do projeto isso pode significar vagas muito apertadas ou atreladas aos apartamentos.

Imagine-se chegando cansado do trabalho após horas em congestionamento e ainda suar para colocar o carro na vaga? Se puder escolher, opte por vagas livres e espaçosas, que facilitarão sua chegada em casa.

Ventilação, um item a se considerar

Por fim, mas não menos importante, analise bem como é a ventilação do apartamento. Se a unidade é nascente ou poente em relação ao sol. Não esqueça que os andares mais altos costumam ser mais beneficiados, mas a posição do apartamento também tem influência.

Veja com o corretor se há ventilação cruzada ou se há alguma barreira que a impeça. Na hora da escolha, faça o teste: abra todas as portas e janelas e teste a ventilação.

Lembre-se que barreiras naturais (como morros e montanhas) e artificiais (outros edifícios, disposição das torres) devem ser levados em consideração para fazer a melhor escolha.

Pensando com cautela em todos esses pontos você estará pronto para morar em apartamento e ser muito feliz com a sua escolha!

Quer saber mais sobre a vida em apartamento? Continue acompanhando nossos posts e deixe a sua sugestão nos comentários!

Receba as nossas novidades de forma exclusiva!

fique por dentro! siga nossas redes sociais: