ico Arquitetura e decoração
10/12/2018

Decoração minimalista: veja como usá-la para personalizar seu apartamento novo

compartilhe: icone twitter icone facebook icone messenger icone linkedin icone whatsapp icone email

Apartamento novo merece décor nova e nada mais prático para quem tem a vida corrida do que a decoração minimalista. Poucos móveis, muito espaço, quase nenhum trabalho para arrumar, mas muito charme na criação do estilo.

A decoração minimalista tem origem na década de 60 através de uma série de manifestações culturais, artísticas e científicas. A premissa era a utilização exclusiva de elementos fundamentais como forma de expressão. O movimento se expandiu por diversas áreas, chegando até a decoração e tornando-se um verdadeiro estilo de vida.

Veja como fazer ambientes charmosos, aconchegantes e personalizados com a decoração minimalista no seu apartamento novo.

Principais características da decoração minimalista

Nada de excessos: aqui a ideia é manter apenas o essencial para seu conforto. Ideal para apartamentos, a decoração minimalista evidencia os espaços. Onde o menos é mais, a beleza vem da simplicidade das linhas, da valorização do conforto. Linhas retas e traços geométricos substituem curvas e sinuosidades.

Nas cores, as básicas ganham predominância, buscando uma unidade harmoniosa no ambiente quase monocromático. Branco, bege, cinza, azul e preto fazem jogos de luz e sombra com suas variações.

Como os móveis são protagonistas na decoração minimalista, devem ser escolhidos de forma a cumprirem sua função sem ocupar espaço. Nesse sentido, os multifuncionais e inteligentes são especialmente bem-vindos.

Inspiração para decorar seu apartamento novo

Organização é a palavra-chave da decoração minimalista. O importante é acabar com os excessos, por isso livre-se das tralhas. Mantenha apenas o que traz felicidade e é realmente necessário.

Depois é só fazer um bom planejamento. Reconheça o ambiente e reserve um espaço para cada item, priorizando fluidez, funcionalidade e medidas certas. A ideia é que os móveis otimizem o espaço ao seu redor, mas também aproveitem seu próprio espaço interno.

  • Quarto minimalista

Como em qualquer outro cômodo, nada de excessos. Invista no que é essencial de forma funcional e confortável. Cama, armário, criado mudo, espelho, luminária, cadeira de apoio. Se possível, aposte no multifuncional: cama com gavetões, armários com estante, por exemplo.

  • Sala de estar minimalista

Tradicionalmente a sala costuma agregar mais elementos. O truque, aqui, é deixar exposto apenas o que é essencial.

Continuam valendo os móveis inteligentes, capazes de integrar outras funções. Lembre-se: se uma peça é capaz de substituir 3, aposte nessa troca.

Para evitar uma sala monocromática, aposte em pequenos pontos de cor – em almofadas, mantas, quadros ou plantas – ou luz – como objetos em aço inox e metais de forma geral.

  • Cozinha minimalista

Com tantos acessórios e eletrônicos que tornam o dia a dia na cozinha mais fácil, pode parecer complicado aplicar a decoração minimalista. O truque, aqui, é apostar nos armários e nas cores neutras.

Cinza, bege, branco, branco com detalhes em madeira são algumas das que passam a sensação de limpeza e amplitude. À vista, mais uma vez, só o que for extremamente necessário.

Vantagens da decoração minimalista

A decoração minimalista pode ser aplicada em cômodos de todos os tamanhos, mas é especialmente interessante em apartamentos pequenos.

Isso porque, além de facilitar a fluidez das pessoas, removendo os excessos, também dá a sensação de amplitude. Ela é extremamente prática e confortável, o que te dá mais tempo livre na hora da limpeza.

A decoração minimalista é perfeita para pessoas que priorizam o consumo consciente e que valorizam os espaços livres sem abrir mão da beleza e do conforto.

Gostou das nossas ideias para fazer uma decoração minimalista no seu apartamento novo? Confira outras sugestões decorativas acompanhando nossos posts no nosso blog!

Receba as nossas novidades de forma exclusiva!

fique por dentro! siga nossas redes sociais: