ico Uncategorized
16/07/2019

Conheça 3 tipos de revestimento interno e como podem ser usados

compartilhe: icone twitter icone facebook icone messenger icone linkedin icone whatsapp icone email

Deixar a casa do seu jeito não é incrível? A escolha certa dos materiais faz toda a diferença na hora de decorar, criando espaços renovados e aconchegantes. Porém, planejar um ambiente requer cuidados especiais. Cada cômodo precisa ser pensado levando em consideração não somente o design, mas também a funcionalidade do local.

Uma decisão importante nessa hora está relacionada ao revestimento que será usado nas paredes de cada ambiente. A definição do revestimento interno está diretamente relacionada à estética e ao estilo que você deseja criar. Uma boa escolha deve levar em conta a sua praticidade e durabilidade.

Como existem diversos tipos de revestimento disponíveis no mercado, é essencial conhecer um pouco sobre esse assunto e os cuidados necessários para sua manutenção. Pensando nisso, resolvemos dar uma mãozinha para facilitar a sua vida na hora de escolher o revestimento certo para cada espaço e os cuidados necessários.

Acompanhe a seguir 3 tipos de revestimento interno disponíveis no mercado e saiba como podem ser usados.

1. Porcelanato

Esse é um dos revestimentos mais populares do mercado. É impermeável, muito resistente e durável. Além disso, você poderá encontrar peças com a sua personalidade e com muita qualidade, como porcelanatos amadeirados, marmorizados, estampados, lisos, acetinados ou polidos, enfim, uma variedade de alternativas.

Algumas peças recebem esmalte, o que garante maior resistência à umidade. O porcelanato esmaltado é um produto fácil de limpar, principalmente em áreas como paredes e bancadas da cozinha.

Já o porcelanato polido, liso e brilhante, pode se tornar escorregadio em locais úmidos, como o banheiro, por exemplo. Como ele não recebe a camada de esmalte, a chance de manchar é maior. Vale lembrar, entretanto, que manter uma rotina de limpeza garante a maior durabilidade do produto.

2. Pastilhas

Pastilhas dão um toque especial a cozinhas, banheiros e áreas de serviço, uma vez que conferem um acabamento muito bonito e são resistentes à umidade. Existem pastilhas de diversos tipos de materiais, como cerâmica, vidro, porcelana e metal. O brilho das peças é um grande diferencial na hora de decorar um ambiente e são peças muito duráveis e de baixa manutenção.

Entretanto, muito cuidado com a colocação das pastilhas: como elas são pesadas e estão dispostas em uma tela muito fina, a tendência na instalação é perderem o alinhamento. Por isso, o recomendado é contratar um profissional com experiência para evitar aborrecimentos.

3. Massa texturizada

Hoje em dia as paredes lisas ficaram no passado! Para criar um espaço bonito e com muito estilo você poderá utilizar a massa texturizada. Existem diversas técnicas para a criação de texturas e acabamentos que deixarão o espaço muito bonito e funcional.

Para criar uma textura bonita e durável você precisará levar em conta a preparação da parede, o tipo de massa a ser utilizado e a pintura escolhida para o acabamento. Tenha cuidado ao combinar a área texturizada com o restante do ambiente, para que não se torne pesada ou muito chamativa.

O revestimento interno precisa refletir a personalidade dos moradores da casa ou do apartamento em cada ambiente. Quando estiver decorando sua casa, leve em consideração o tipo de decoração que mais reflete seu estilo.

Hoje em dia a decoração minimalista está em alta. Se quiser saber mais sobre o assunto, confira o nosso post com algumas dicas de como usá-la para personalizar seu apartamento novo.

Receba as nossas novidades de forma exclusiva!

fique por dentro! siga nossas redes sociais: