ico Dicas de compra
26/11/2018

Casar e morar junto: como se organizar financeiramente para comprar um imóvel

compartilhe: icone twitter icone facebook icone messenger icone linkedin icone whatsapp icone email

Há um dito popular bastante verdadeiro quando o assunto é casamento: “Quem casa, quer casa!” A máxima é repassada de geração em geração há séculos e reflete o sonho de boa parte dos noivos que têm como prioridade adquirir a casa própria antes mesmo da hora do esperado “sim”. Atualmente, essa busca pelo imóvel faz parte dos anseios de quem vai casar e morar junto, já que muitos casais querem experimentar como será a convivência e a vida a dois enquanto ainda estão noivos.

Entretanto, uma dúvida sempre surge no momento de tomar essa decisão: como se organizar financeiramente para comprar um imóvel em um momento em que se está fazendo planos para o evento de casamento?

Reunimos algumas dicas para quem está pensando em casar e morar junto:

  1. Pensam em casar e morar junto? Organizem antes o orçamento e as despesas

Para iniciar uma vida conjugal é preciso bastante planejamento financeiro. E isso deve ser feito a dois, já que será somado contribuição e os esforços de ambas as partes.

Avaliem qual é a renda total que possuem e estabeleçam o quanto pode ser investido na festa de casamento e na compra de um imóvel. Verifiquem as economias e busquem soluções para finalizar as dívidas já contraídas.

  • 2. Definam suas principais metas para conseguir casar e morar junto

Ambos têm seus trabalhos e suas rendas, agora, ao resolverem casar e morar junto, é natural somar esforços, ou seja, juntar o que os dois ganham para pagar despesas, fazer investimentos, pagar o casamento e a casa própria.

Apesar de serem duas rendas somadas, muitas vezes elas não são suficientes para cobrir os custos de todos os seus sonhos, então definam as prioridades. Na festa de casamento, o que não pode faltar? Na compra da casa própria, o que é prioritário? Com isso bem claro, fica mais fácil planejar-se para alcançar os objetivos.

  • 3. Concordem com os gastos específicos para o imóvel

Antes de mais nada não esqueça: casamento é parceria e, quando falamos isso, estamos querendo dizer que é ter os mesmos ideais e estar disposto a abdicar de algumas coisas para conquistar outras. Sendo assim, é importante cortar gastos excessivos, planejar compras e buscar juntos o imóvel para viver.

Aqui é fundamental que ambos saibam que terão de abdicar de algumas coisas em prol da aquisição do imóvel. Isso não quer dizer que ambos devam abrir mão de sua vida social, muito pelo contrário, sair com os amigos é muito prazeroso, mas as saídas deverão ser reduzidas e os gastos envolvidos, repensados.

  • 4. Tenham alguma reserva para problemas futuros

Imprevistos acontecem em nosso dia a dia, então, ter uma reserva para problemas futuros é fundamental. Quando se está pensando em casar e morar junto, gastos antes não previstos podem ocorrer.

Na festa de casamento, pode surgir um gasto de última hora e na casa também. Quando se adquire um imóvel, alguns itens são essenciais e precisam estar previstos no orçamento. Então, a reserva é bastante importante para socorrê-los caso tenham se esquecido de algo importante.

  • 5. Lembrem-se de que é importante ter alguns gastos individuais

Não é porque casou e está morando junto que o orçamento deva ser totalmente conjunto, sem gastos individuais. A individualidade na vida a dois é muito saudável e importante.

Aquele churrasco com os amigos, a ida ao cinema com as amigas. Esses gastos devem seguir na previsão de ambos, de modo planejado, para que caiba no orçamento estipulado.

  • 6. Tomem cuidado com empréstimos e dívidas

Empréstimos e dívidas são sempre perigosos e só devem ser contraídos como última alternativa. Por isso, essas situações devem ser tratadas como eventuais, não como rotineiras. Se para realizar os seus sonhos você precisar recorrer a um desses artifícios, planeje com cautela ver a opção mais vantajosa e que não atrapalhe os planos do casal.

Com essas dicas, fica mais fácil organizar-se financeiramente para comprar um imóvel, não é mesmo? 

Para conferir outras ideias para quem está pensando em casar e morar junto, continue acompanhando o nosso blog!

Receba as nossas novidades de forma exclusiva!

fique por dentro! siga nossas redes sociais: